Girly – feminina… e com orgulho

Ao longo do tempo, todas as mães mostraram adorar enfeitar e embelezar os seus filhos. Metê-los em roupas giras e mostrar às outras mães.

Isso não parece mudar, mas convenhamos: nem sempre as crianças gostam de se vestir dessa forma.

Mesmo os mais pequenos veem tendências e admiram os adultos, e muitas vezes querem vestir-se como eles.

O que mudou mais recentemente? Bem, se não deixam as crianças vestir-se como os adultos, parece que há adultos a vestir-se como crianças.

Embora isso pareça um pouco estranho e até inadequado, a verdade é que os estilos mais jovens e inocentes estão em alta, especialmente entre as mulheres.

A mudança provocou um certo alinhamento na forma como as raparigas e as mulheres se vestem – e hoje mesmo meninas de 5 ou 6 anos podem, com orgulho…

Usar vestidos e conjuntos que as suas irmãs mais velhas e até ícones da televisão e do cinema usam.

O estilo Girly é uma alusão ao termo, vestir-se mais à “menininha”, ter orgulho da feminilidade e a beleza da inocência, sem que isso pareça próprio da criança ou banal.

Podemos dizer que é um sonho com dois lados.

Por um lado, temos  jovens e mulheres adultas a vestir-se de forma mais livre, com irreverência e conforto;

Por outro lado, temos meninas ainda pequenas, a poder ostentar com orgulho a forma com que as suas artistas preferidas se vestem.

Como vestir 'Girly'?

Não é muito complicado – na realidade é MUITO FÁCIL se vir a Coleção Outono Inverno 2018 da MDD.

Ali encontra o que há de mais recente no estilo em Portugal, para a alegria dos seus filhos.

Mas mesmo com peças em disposições diferentes conseguimos construir um estilo Girly (não só para as filhas, mas também para as mães, claro).

Tons e cores pasteis!

Se quer construir um look Girly, apostar nas cores e tons pasteis é um bom começo.

Pode usar cores mais alegres, porém em tons mais suaves…

A ideia é passar mais a delicadeza e a inocência!

Verdes claros, cor de menta, azuis mais suaves e em tons “bebé”, peças rosas e amareladas mais “clarinhas”.

Vamos a isso, repare bem na nossa coleção e avalie bem as oportunidades que terá em casa…

Assim, consegue introduzir às suas filhas o estilo “Girly”!

SIM aos laços e NÃO a peças justas

Com um ar feminino e um toque de liberdade conseguimos atingir os pontos altos do estilo Girly.

E, quando falamos em liberdade e num visual alegre, é preciso ter em conta o conforto.

Isso significa um grande NÃO às peças muito justas e apertadas.

Parece um pouco óbvio quando lidamos com crianças, porém para as raparigas e mesmo as mães, as peças justas podem danificar o estilo que as peças possam ter.

Em contraposição, há algo para o qual temos um enorme SIM: abusa dos laços.

Sim, eles são um dos símbolos mais marcantes neste estilo, mas há mais: estão na moda em todo o mundo!
Carrinho Item Removed. Undo
  • No products in the cart.